Cine Peixe-Boi chega a Sergipe e à Bahia


O Cine Peixe-boi é um projeto itinerante que promove exibições de filmes com temas ecológicos, culturais e socioambientais com o objetivo de sensibilizar o público sobre a importância da conservação do peixe-boi marinho (ameaçado de extinção no Brasil) e do meio ambiente, levando a cultura do audiovisual a comunidades, distantes dos grandes centros urbanos, que não possuem acesso a cinema. Durante o mês de abril, o Cine Peixe-Boi, que faz parte das atividades de Educação Ambiental do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho (PVPBM) – realizado pela Fundação Mamíferos Aquáticos, com patrocínio da Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental –, estará nos estados de Sergipe e Bahia promovendo sessões especiais de cinema e palestras temáticas com foco na sensibilização de proteção ao peixe-boi marinho “Astro”, atropelado recentemente por uma embarcação motorizada entre o litoral sul de Sergipe e norte da Bahia.

O animal, o primeiro da espécie a ser reintroduzido no país, costuma circular pela região, principalmente por uma área compreendida entre o rio Vaza-Barris, em Sergipe, e Mangue Seco, no litoral da Bahia. E é justamente nas comunidades desta localidade que o Cine Peixe-Boi aportará. “A presença de ‘Astro’ nesta região é de grande relevância, pois trata-se da reocupação de uma antiga área de ocorrência histórica e constitui a distribuição mais ao sul da espécie no Brasil. Ao mesmo tempo, existe uma preocupação de diversos profissionais e Instituições envolvidas na estratégia de conservação da espécie, tendo em vista que o animal apresenta um histórico de atropelamentos desde 2001 e frequentemente sofre com o forte impacto de interações de moradores e turistas que visitam a região, já sendo registrados casos de pessoas que oferecem alimentos e bebidas a ele, o que pode trazer sérios problemas para o animal. Acreditamos que o Cine Peixe-Boi, dentro de uma proposta de Educação Ambiental por meio do audiovisual e da troca de informações, será de grande importância para o trabalho de conservação da espécie na região”, explica o pesquisador e médico veterinário João Carlos Gomes Borges, coordenador do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho.

E funciona assim: os realizadores do Cine Peixe-Boi articulam a ida à comunidade com associações de moradores, pescadores, escolas do local e levam uma estrutura com telão e som para montar em um espaço público. As pessoas vão chegando, se acomodando e acontece a exibição dos filmes. Durante as sessões de cinema são distribuídas pipocas e guloseimas para as crianças. O Cine Peixe-Boi também promove palestras, debates, momentos de leitura com o Baú de Histórias do Peixe-Boi, exposição fotográfica, atividades de eco recreação e apresentações culturais.

A iniciativa foi criada em 2013 por jovens de comunidades da Área de Proteção Ambiental da Barra do Rio Mamanguape (PB), durante a Oficina de Agentes Ambientais promovida pelo Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho, com patrocínio da Petrobras. De lá pra cá, o Cine Peixe-Boi já visitou diversas localidades da costa paraibana e agora, após cinco anos de atividade, está incluindo também na sua programação de visitas sessões especiais em comunidades litorâneas de outros estados do Nordeste, a exemplo de Sergipe e Bahia. Para solicitar a presença do Cine Peixe-Boi na comunidade, basta entrar em contato com a equipe do PVPBM pelos telefones: (83) 99961-1338/ (83) 99961-1352/ (81) 3304-1443. Por enquanto, já estão confirmadas as sessões do Cine Peixe-Boi nas comunidades de Coqueiro e Mangue Seco, na Bahia, nos dias 20 e 24 de abril, respectivamente, e Porto do Mato, em Sergipe, no dia 25 de abril.