Comunidades tradicionais litorâneas do Nordeste recebem doações de cestas básicas e gás de cozinha

 A organização social Fundação Mamíferos Aquáticos em parceria com a Petrobras realiza doação de cestas básicas e gás de cozinha a comunidades que vivem no entorno das regiões onde são desenvolvidos seus projetos socioambientais, e que de alguma forma foram impactadas pela pandemia. Estão sendo beneficiadas aproximadamente 3 mil famílias de 29 comunidades localizadas em sete municípios do litoral de Sergipe, Bahia, Pernambuco e Paraíba. São comunidades indígenas, quilombolas, pescadores, marisqueiras e artesãos. As doações começaram a ser distribuídas em maio e cada família receberá quatro doações ao longo deste ano. As entregas contam com a colaboração e apoio de organizações comunitárias, lideranças locais e instituições reconhecidas pela população de cada localidade.

 

Essa ação faz parte da iniciativa social da Petrobras com foco no acesso ao gás de cozinha, que abrange todas as regiões do país e prevê a distribuição de botijões ou auxílios para compra de gás de cozinha por famílias socialmente vulneráveis, associado, quando possível, à entrega de itens de alimentação. Para esta etapa da iniciativa, a Petrobras fechou parceria com 56 instituições sem fins lucrativos, que atuam na execução de projetos socioambientais e de condicionantes ambientais da companhia, para realizar a doação para as famílias selecionadas. Serão beneficiados direta e indiretamente mais de 400 mil pessoas em situação de vulnerabilidade social, vivendo no entorno de unidades operacionais da empresa ou que participam dos projetos apoiados pela companhia, em dezesseis estados do país. As famílias são identificadas com o apoio das instituições parceiras, que são responsáveis por operacionalizar as doações. 


“Queremos estar mais próximos da sociedade apoiando as famílias mais vulneráveis. Essa ação está sendo realizada em várias regiões do país, com o fundamental apoio de instituições parceiras da Petrobras, como é o caso da Fundação Mamíferos Aquáticos com foco sobretudo nas regiões onde temos operações. A companhia é sensível às necessidades da sociedade e ficamos muito gratificados em poder ajudar a amenizar um pouco as dificuldades enfrentadas por essas famílias em situação de vulnerabilidade, para que possam ter alimento e gás de cozinha”, destaca a gerente executiva de Responsabilidade Social da Petrobras, Rafaela Guedes.


Sobre a Fundação Mamíferos Aquáticos (FMA) - é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que há 33 anos atua na conservação de importantes espécies marinhas e seus habitats e na promoção da sustentabilidade socioambiental junto às comunidades. A FMA é conhecida pela sociedade por sua importante contribuição ao meio ambiente, por meio de projetos como o Viva o Peixe-Boi-Marinho, que tem o convênio de parceria com a Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental; atividades de educação ambiental com o envolvimento direto e continuado de crianças e adolescentes; aulas de reforço escolar; leitura; e teoria e práticas de educação ambiental. A Fundação foi destaque no Relatório de Sustentabilidade 2021, divulgado pela Petrobras, pelos resultados positivos alcançados no trabalho desenvolvido de conservação dos peixes-bois-marinhos e seus habitats no Nordeste do Brasil. Nessas mais de três décadas de atuação, a Fundação Mamíferos Aquáticos sempre esteve focada não somente na conservação ambiental, mas também no desenvolvimento local sustentável das comunidades, nas regiões onde atua.