Cine Peixe-Boi leva audiovisual com temáticas socioambientais a comunidades litorâneas do Nordeste

O Cine Peixe-boi é um projeto itinerante que promove exibições de filmes com temas ecológicos, culturais e socioambientais com o objetivo de sensibilizar o público sobre a importância da conservação do peixe-boi marinho e do meio ambiente, levando a cultura do audiovisual a comunidades, distantes dos grandes centros urbanos, que não possuem acesso a cinema. Foi criado em 2013 por jovens de comunidades da Área de Proteção Ambiental da Barra do Rio Mamanguape, durante a Oficina de Agentes Ambientais promovida pelo Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho (PVPBM), com patrocínio da Petrobras. De lá pra cá, o Cine Peixe-Boi já visitou diversas localidades da costa paraibana e agora, após cinco anos de atividade, está incluindo também na sua programação de visitas sessões especiais em comunidades litorâneas de outros estados do nordeste, a exemplo de Sergipe e Bahia.

Peixe-boi marinho “Astro” é atropelado por embarcação motorizada entre o litoral sul de Sergipe e norte da Bahia

Gravemente ferido e apresentando diversos cortes ao longo do corpo. Foi assim que a equipe da Fundação Mamíferos Aquáticos (FMA) e Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP), responsáveis por executar o Subprograma Regional de Monitoramento de Encalhes e Anormalidades - PRMEA[i] do litoral norte de Alagoas ao litoral norte da Bahia, encontrou o peixe-boi marinho “Astro”, no dia 23 de março. O animal, que costuma utilizar o litoral sul de Sergipe e norte da Bahia como área de circulação, estava na Praia de Mangue Seco (BA). Imediatamente, o Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho (PVPBM) – uma estratégia de conservação e pesquisa da FMA para evitar a extinção da espécie no Nordeste do Brasil - foi avisado sobre o ocorrido e se dirigiu ao local para auxiliar no monitoramento e avaliação de “Astro”.