Peixes-bois marinhos serão transferidos da Ilha de Itamaracá (PE) para espaço de readaptação em ambiente natural no litoral norte da Paraíba


A ideia é que “Vitória” e “Parajuru” fiquem em cativeiro natural se readaptando ao ambiente e, assim que aptos, sejam reintroduzidos no estuário da APA da Barra do Rio Mamanguape, região com atributos ecológicos que propiciam a existência da espécie


Era madrugada do dia 1º de janeiro de 2015, quando a equipe do Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho (PVPBM), da Fundação Mamíferos Aquáticos, foi acionada para fazer um resgate de um filhote de peixe-boi marinho que havia encalhado vivo na Praia do Oiteiro, localizada na Área de Proteção Ambiental (APA) da Barra do Rio Mamanguape, litoral norte da Paraíba. Quem o encontrou foram dois pescadores da região, “Seu Canário” e “Seu Passinho” – foi “Seu Passinho” inclusive que batizou o filhote com o nome de “Vitória”. A equipe do PVPBM, junto com a APA, prestou os primeiros atendimentos ao animal, que ainda apresentava resquícios de cordão umbilical. “Vitória” estava bem fisicamente, pesava 39 kg e media 131 cm. Na ocasião, a equipe verificou se a mãe estava próxima ao local do encalhe para tentar reintroduzir o filhote, porém não foi encontrada. Sendo assim, “Vitória” foi encaminhada para a sede do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Marinha do Nordeste – Cepene/ICMBio - na Ilha de Itamaracá (PE), onde recebeu o tratamento adequado. Agora “Vitória”, uma fêmea saudável - com 4 anos de idade, 404 kg e 2,70 m de comprimento - está pronta para encarar um novo desafio. No próximo dia 17 de abril, ela vai voltar para a APA da Barra do Rio Mamanguape, onde passará por uma etapa de readaptação ao ambiente natural e, assim que apta, será reintroduzida na natureza.



Peixe-boi marinho é tema de exposição socioambiental em shopping de Aracaju

“Peixe-Boi Marinho: Biologia e Conservação”, este é o tema da exposição socioambiental que ficará em cartaz no Shopping Rio Mar, em Aracaju, nos dias 20, 21 e 22 de março, das 8h às 12h. A exposição é promovida pelo Projeto Viva o Peixe-Boi Marinho – realizado pela Fundação Mamíferos Aquáticos e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental. O objetivo é levar informação e sensibilizar a população sobre a importância da conservação da espécie e de seu habitat, enfatizando a presença de “Astro”, o primeiro peixe-boi marinho reintroduzido no Brasil, na região.